segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Carne com hidróxido de amônio?


Oii pessoal!!

Estava lendo uma reportagem no site abaixo e como fiquei impressionada com as informações das comidas industrializadas (principalmente fast food), coloquei aqui o site para vocês também lerem...


http://socorronacozinha.com.br/jamie-oliver-carne-mcdonalds-receita/

domingo, 23 de outubro de 2016

Benefícios da Água de Coco


Você conhece os benefícios?

Para começo de conversa, ela é de baixíssima caloria, gordura e colesterol.

Além disso, contém quatro vezes mais potássio do que a banana.

Se você é atleta, pode investir nesta bebida, sem medo.

Faça um teste: consuma água de coco diariamente no período de sete dias.

Quanto mais fresca, melhor.

Basta esse curto período para você obter muitos benefícios.

Conheça alguns deles:

1. Melhora a pele

A água de coco hidrata e nutre nossa pele com importantes minerais, contribuindo para uma face mais jovem e radiante.

2. Elimina excesso de peso

Como não há gordura na água de coco, você pode beber sem culpa e estará saciando a fome.

3. Fortalece o sistema imunológico

Além disso, atua contra vírus e bactérias.

4. Aumenta a energia

Ela melhora a produção de hormônios da tireoide, aumentando a resistência física.

5. Combate doenças renais

Ela limpa a bexiga e todo o sistema urinário.

6. Hidrata


A água de coco hidrata o corpo melhor do que qualquer outra bebida indicada para atletas.

7. Reduz a pressão sanguínea

Ela pode equilibrar a pressão arterial, graças à boa quantidade de eletrólitos.​

8. Fortalece a tireoide

A água de coco ajuda a estimular a glândula tireoide e o metabolismo.

Como consequência, facilita o emagrecimento.

Fonte - https://dicapravoce.net/1409/depois-que-souber-disto-voce-vai-querer-beber-agua-de-coco-todos-os-dias-/?ref=fbads

terça-feira, 18 de outubro de 2016

Como fazer uma dieta alcalina


Para fazer uma dieta alcalina é necessário que o cardápio tenha 60% de alimentos alcalinos como pepino, orégano ou tofu e 40% de alimentos ácidos como ovo, maçã, iogurte ou arroz, por exemplo. Essa divisão pode ser feita através do número de refeições, assim, ao fazer 5 refeições por dia, 2 podem ser refeições com alimentos ácidos e 3 apenas com alimentos alcalinos.
Esta dieta é ótima para diminuir a acidez do sangue, ajudando a equilibrar o organismo e a prevenir o aparecimento de doenças como gripes e resfriado. Além disso, ajuda a desintoxicar o organismo facilitando o emagrecimento, sendo por isso uma dieta aliada para quem quer perder peso.

Alimentos permitidos na dieta alcalina
Os alimentos permitidos na dieta alcalina são os alimentos alcalinos como:
Sal mineral, adoçante stévia;
Pepino, couve;
Salsinha, coentro;
Algas marinhas, erva de trigo;
Semente de abóbora.
Alimentos moderadamente ou ligeiramente alcalinos como abacate, beterraba, tofu, limão, quinoa ou espelta também são permitidos.

Veja a lista completa em:https://www.tuasaude.com/alimentos-alcalinos/


Alimentos a evitar na dieta alcalina

Os alimentos a evitar na dieta alcalina são os alimentos ácidos como:
Bebidas alcoólicas, café, refrigerantes, sucos de fruta
Alfarroba, cacau, chocolate
Geleias, sorvetes, açúcar, mel ou adoçante
Mostarda, molho de soja, vinagre
Cevada, centeio, malte, milho
Carne de vaca, galinha, porco
Ovo, peixe e mariscos
Queijo
Cajú, amendoim, pistacho, frutas secas
Batata, cogumelos

Os alimentos moderadamente e ligeiramente ácidos como maçã, manga, iogurte, feijão, cerejas, leite ou sementes de linhaça também devem ser evitados, podendo apenas contribuir para 40% da alimentação que corresponde a 2 refeições de alimentos alcalinos em um dia com 5 refeições.
Veja uma lista completa em: Alimentos ácidos em: https://www.tuasaude.com/alimentos-acidos/


Exemplo de cardápio da dieta alcalina
O cardápio da dieta alcalina é apenas um exemplo de como se pode fazer essa dieta, e não deve ser seguido sem o aconselhamento de um médico ou nutricionista.
Café da manhã - granola com morangos e bebida de arroz.
Colação - chá de salsinha com torradas de espelta.
Almoço - tofu estufado com quinoa e salada de pepino, cenoura e pimentão temperada com azeite e suco de limão. Abacate para sobremesa.
Lanche - chá de gengibre com pão de espelta.
Jantar - pescada cozida com batata e brócolis temperados com azeite e vinagre. Para a sobremesa, melancia.


Ao longo do dia é permitido beber chá de salsinha ou água com pH superior a 7, podendo se verificar o pH no rótulo da embalagem da água mineral.

Veja também: Alimentos alcalinizantes em: https://www.tuasaude.com/alimentos-alcalinizantes/

Adotar uma alimentação rica em alimentos alcalinos equilibra o pH do sangue, mas o melhor é procurar um nutricionista que possa indicar um cardápio com base nas suas necessidades nutricionais e gosto pessoal.

Fonte:https://www.tuasaude.com/como-fazer-uma-dieta-alcalina/

Os 10 Alimentos Ricos em Vitamina E


Os alimentos ricos em vitamina E são em sua maioria, cereias integrais, alimentos de origem vegetal, óleos vegetais e sementes. A vitamina E é um dos melhores antioxidante solúvel em gordura, pois a sua função é ajuda o corpo a neutralizar os efeitos nocivos da oxidação das gorduras ou seja, protege o corpo contra vírus e bactérias.

A vitamina E é conhecida como a vitamina da vida e da juventude, pois ela é uma das responsável pela neutralização dos radicais livres na pele. pois, os radicais livres são os principais responsáveis por acelerar o processo de envelhecimento precoce. Além disso, deve ingerir, diariamente, cerca de 15 mg de vitamina E. Então, confira os 10 Alimentos ricos em vitamina E.

1. Amêndoas: As amêndoas são uma das melhores fontes de alimentos de ricos em vitamina E. pois a cada 80g de amêndoas fornece 7,4 mg de vitamina E. Você também pode obter suas necessidades de vitamina E na forma de leite de amêndoa e óleos de amêndoas. Além disso, recomendamos comer amêndoas cruas, se possível.

2. Avelã: A Avelã é uma boa opção de alimentos ricos em Vitamina E, pois a cada 70g do seu consumo contém 17mg de vitamina E.

3. Couve: A Couve é um dos mais importante vegetais crucíferos. Pois, a Couve é muito rica em muitos nutrientes, de fato, apenas uma xícara de 70g de couve cozida pode dar-lhe quase 16% de suas necessidades diárias de vitamina E.

4. Amendoim: O Amendoim é uma boa opção de alimentos ricos em Vitamina E, pois a cada 75g do seu consumo contém 5,1 mg de vitamina E.

5. Abacate: O Abacate talvez seja um dos alimentos mais saborosos com vitamina E. pois, com apenas uma metade do abacate fornece cerca de 3 mg de vitamina E.

6. Pistache: O Pistache é uma boa alternativa de alimentos ricos em vitamina E, pois ela fornece cerca de 4 mg com apenas 60g de pistache.

7. Semente de girassol: A Semente de Girassol é um alimento rico em diversos nutrientes, principalmente em Vitamina E. pois, A cada 40g do seu consumo contém cerca de 14 mg de Vitamina E.

8. Mamão: O Mamão é umas das frutas mais popular é conhecida como uma das melhores fonte de vitamina C, mas também é rico em vitamina E. Apenas um mamão vai lhe dar aproximadamente 17% de suas necessidades diárias. Tente adicionar mamão fresco ou congelado em smoothies de frutas, juntamente com outros alimentos ricos em vitamina E para um lanche saudável.Alimentos Ricos em Vitamina E

9. Castanha-do-pará:
A Castanha do pará é uma das grandes riqueza que a amazônia possui. Ela tem um excelente sabor e riquíssima em diversos nutrientes saudáveis. Além disso, ela é uma boa opção de alimentos ricos em vitamina E, pois a cada 70g do seu consumo, contém cerca de 5 mg de vitamina E.

10. Acelga:
A Acelga é um dos vegetais mais saudáveis ​​que você pode comer em uma base diária. Ela é conhecida por ser um alimento rico em vitamina K, vitamina A, vitamina C e principalmente em vitamina E. pois, em apenas uma xícara de acelga cozidas irá lhe fornecer quase 17% de sua necessidade diária.

Fonte - http://www.saudedica.com.br/os-10-alimentos-ricos-em-vitamina-e/

Não coma mais!!


Você sabia que 90% dos produtos que vemos nas prateleiras do supermercado são carregados de ingredientes processados? A dura realidade é que estes ingredientes estão nos causando diversas doenças modernas que antes não existiam e nos matando a cada mordida. Eles são viciantes e geralmente mascarados com uma série de publicidades criativas, mas enganosas.

No entanto, há um fato surpreendente sobre a nossa saúde, que esquecemos de vez em quando. Todos nós temos o poder de escolher os alimentos que vamos colocar em nossos corpos. É um fato simples e poderoso, mas que precisamos relembrar antes de jogar algo para dentro.

Imagine que seu corpo é um templo sagrado, você deve ver e analisar claramente o que entra pelas portas deste templo.

É difícil? Sim, é. Porque necessita muita disciplina para analisar quais ingredientes contém naquele alimento. Quando você entra no supermercado e vê uma comida que tem duração de 1 ano por exemplo, algo está errado, como um alimento pode ter validade de 1 ano, 2 anos? É possível se ele for bombardeado de conservantes e diversos ingredientes químicos para manter sua bela aparência.

Veja a lista dos 10 piores ingredientes para sua saúde. Fique atento, anote todos ingredientes e analise, pois pode ser que aquele produto que você tanto ama não seja tão inocente como você imagina.

Fonte e fotos: collective

1) Benzoato de Sódio

Qual é o problema ? Um conservante de alimentos comum que impede o crescimento de fungos e leveduras. Quando combinados com as vitaminas C ou E, produz o benzeno cancerígeno. O benzoato de sódio priva nossas mitocôndrias (tomadores de energia celular) de oxigênio. Ele também tem sido associado a provocar hiperatividade nas crianças.

O que é isso ? encontrado em sucos, conservas, refrigerantes, molhos para saladas pré-fabricados, condimentos.


2) BHA e BHT (Butil-hidroxianisol butilado e hidroxitolueno)

Qual é o problema? Um conservante que impede a quebra de gorduras. O Instituto Nacional de Saúde do EUA afirma que BHT / BHA são “razoavelmente cancerígenos para os humanos“. Um substituto natural que faz o mesmo trabalho na preservação de alimentos seria a vitamina E, que você pode encontrar na seção de comida natural.

O que é isso? Encontrado em batata frita, banha, manteiga, cereais, purê de batatas instantâneo, conservas de carne, cerveja, pães, bebidas e sobremesa, misturas, goma de mascar e outros alimentos.


3) MSG (glutamato monossódico)

Qual é o problema? Um realçador de sabor que é conhecido por danificar o centro da regulação do apetite na área do cérebro conhecida como hipotálamo, causando resistência e eliminando assim, a sensação de estar “cheio”. Ele é conhecido como um excitotoxina, um produto químico super estimulante. MSG também promove a inflamação do fígado e displasia.

O que é isso? Encontrado em enlatados e sopas enlatadas, misturas de sopa secas, refeições congeladas preparadas, refeições preparadas enlatados, fast food,comida chinesa, guisado enlatado, pimentão e pimentas enlatados (ver no rótulo, algumas marcas não tem), feijão enlatado, molho para salada e os famosos temperinhos usado pelas mamães para dar sabor a nossa comidinha.


4) Adoçantes artificiais

Qual é o problema ? Usado como um substituto para o açúcar. Foi recentemente descoberto que os adoçantes artificiais mudam a enorme colônia de bactérias benignas existentes em nosso intestino para bactérias nocivas que aumentam o risco de diabetes e obesidade. Um estudo também descobriu que mulheres que bebem dois refrigerantes diet por dia tem 50% mais probabilidades de morrer de doenças relacionadas com o coração.

O que é isso ? Encontrado em iogurtes de baixas calorias, águas com sabor, sucos, gomas, refrigerantes diet, salgadinhos. (Adoçantes artificiais comuns: acessulfame de potássio, aspartame, glicerol, HSH, isomalte, lactitol, maltitol, polidextrose, sacarina, sorbitol, Sucralose). Existe adoçantes naturais como Stévia, e outros


5) Bromato de potássio

Qual é o problema ? Um aditivo alimentar utilizado na confecção de pão para amaciar e branquear a massa. Bromato de potássio é proibido em países como Canadá, Brasil e China, devido as suas propriedades cancerígenas. É particularmente conhecido por provocar o cancro renal e da tireoide. Embora a maioria do bromato de potássio quebre-se durante o processo de cozimento, os testes confirmaram que as quantidades vestigiais podem permanecer em produtos de panificação acabados.

O que é isso? Encontrados em pães de sanduíche de fast-food, pizzas congeladas pré-fabricados, populares massas de marca, assados e processados.


6) Acrilamida

Qual é o problema ? A acrilamida é um produto químico cancerígeno, um subproduto do processamento de alta temperatura.

O que é isso ? Encontrado em alimentos aquecidos acima de 120 graus celsius. Frituras, como batatas fritas. A fumaça do cigarro também contém acrilamida.


7) O nitrito de sódio ou nitrato

Qual é o problema? O sal utilizado principalmente na preservação de carne processada. Nitratos e nitritos têm sido associados ao câncer de pâncreas em ratos. Diminuir a quantidade de consumo de produto animal também é importante. A Onu afirma em um novo relatório que 70% das doenças modernas sao de origem animal.

O que é isso ? Encontrado em salsichas, bacon, carnes, embutidos e sopas enlatadas.


8) HFCS (Xarope de Milho)

Qual é o problema? Um açúcar processado e refinado extraído do milho, conhecido por contribuir para diabetes, síndrome metabólica, e muito mais. Os americanos consomem mais calorias do HFCS que qualquer outra fonte.

O que é isso? encontrados em refrigerantes, doces, lanches de lanchonetes, sucos concentrados, cereais processados, xaropes de café, coberturas de sorvetes, condimentos.



9) Óleo vegetal bromado (BVO)


Qual é o problema? BVO é um aditivo alimentar que mantém o aroma em refrigerantes e bebidas de esportes. Ainda é legal nos EUA, mesmo que seja proibido na União Europeia, Japão e Austrália, pois contém bromo, o elemento encontrado em retardadores que tem sido associados a problemas nervosos. No início deste ano, Fanta, Mountain Dew e Gatorade anunciaram que tinham removido BVO de seus produtos, mas algumas marcas de refrigerantes genéricos ainda o utilizam, por isso, veja sempre a lista de ingredientes. (Ou melhor ainda, ignorar o refrigerante e desfrutar de um pouco de água refrescante em seu lugar ou mesmo um suco natural)

O que é isso ? encontrado em refrigerantes e bebidas esportivas.



10) Cores Azul, Verde, Vermelho e Amarelo


Qual é o problema ? As cores artificiais têm sido associadas a problemas na tireóide, supra-renal, bexiga, rins. Existem também corantes naturais que são mais recomendados que os artificiais.

O que é isso ? Encontradas em doces coloridos, cereais, barras de chocolate,sucos, bebidas esportivas.




Faça um simples teste. Pegue uma batata frita processada e coloque-a em um local cheio de formigas. As formigas não vão devorá-la, porque simplesmente não podem, devido a quantidade de conservantes.

Dicas úteis

#1 – Uma das melhores maneiras de evitar todos estes ingredientes é comprar 100% orgânico. Produção de alimentos orgânicos obedece rígidas diretrizes que garantem o alimento sem aditivos químicos nocivos. Embora os preços dos alimentos orgânicos sejam maiores que os não-orgânicos, através da compra da maioria do seus produtos orgânicos você está garantindo uma maior qualidade de vida, sem toxinas desnecessárias que se acumulam no corpo, futuramente talvez você gastará mais para recuperar sua saúde.

#2 – Quanto mais sabemos das estratégias da indústria alimentícia, onde visam apenas lucros e não se preocupam realmente com a saúde dos seus clientes. Cada vez mais, devemos assumir a tarefa de preparar nossas refeições. Compre alimentos in-natura e prepare seus próprios bolos e refeições com as centenas de alimentos oferecidos pela natureza. Um simples contato com a natureza já nos ajuda a reconectar com essa energia natural que muitas vezes esquecemos.

#3 – Se vai sair, por exemplo ir ao cinema, leve o suco dos seus filhos em um recipiente, prepare um sanduíche natural feito por você e evite comer na rua.

#4 – Mapeie restaurantes naturais que buscam uma visão consciencial, holística e saudável dos alimentos e que se preocupam realmente com o bem estar de seus clientes.

#5 – Desintoxique seu organismo, um organismo limpo tem a imunidade alta e dificilmente se instala doenças. O mundo todo está a beira de um colapso sem precedente, causado pela alimentação industrializada. Infelizmente, fala-se muito em boa saúde, cuidados na alimentação mas, o que vemos a cada dia é o aumento das doenças como: envelhecimento precoce, perda de musculatura, flacidez, depressão, obesidade, pressão arterial, infarto do miocárdio, problemas circulatório, câncer, diabetes, acidente vascular cerebral, puberdade em meninas com menos de 9 anos, perda de dentes causado pelas cáries e outras doenças bucais, gastrites, esofagite, úlceras. A cada três pessoas no mundo uma vai ter câncer, tudo isso devido aos alimentos industrializados. Enfim tudo causado pela alimentação industrializada com seu alto teor de açúcares, sódio, gordura trans., corante artificiais fazendo com que pessoas fiquem cada vez mais dependentes.

#6 – Tenha uma dieta alcalina “A luta da vida é contra a retenção de ácido. O envelhecimento, a falta de paciência, energia e dores de cabeça, doenças cardíacas, alergias, eczema, urticária, asma, arteriosclerose e cálculos não são mais que o acúmulo de ácidos.” – Mencken

E se boicotarmos essa “mania” da indústria alimentícia em utilizar ingredientes danosos a saúde, podemos quem sabe, mudar o paradigma dessas empresas em nos respeitar. Assim podemos encontrar novos caminhos e soluções como mostra este curto e fantástico videozinho da História das Soluções.

Cuide do seu templo! Ele é muito precioso para entrar qualquer coisa para dentro dele.

Fonte: http://yogui.co/os-10-piores-ingredientes-que-voce-nunca-deveria-comer-novamente/

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A aparência dos alimentos é igual aos órgãos que eles curam


1. Tomate faz bem pro coração

Como esta fruta (sim, o tomate é considerado uma fruta) é rica em potássio e ferro, sua importância está especialmente ligada com o coração e o sangue.


2. Noz faz bem pro cérebro

As nozes são simétricas e possuem dobras iguaizinhas às do nosso cérebro. São ricas dos nutrientes que são mais importantes para o bom funcionamento cerebral.


3. Aipo faz bem pros ossos

O aipo (ou salsão) garante ossos mais fortes pois possui 23% de sódio de boa qualidade. Os ossos possuem também 23% de sódio. Quando a dieta é baixa em sódio de boa qualidade (entenda-se “boa qualidade” como sódio não proveniente de sal refinado), o organismo começa pegar sódio dos ossos, o que deixa eles fracos.


4. Abacate faz bem pro útero

Se toda mulher comesse, ao menos, um abacate por semana poderiam evitar doenças sérias. O abacate protege e equilibra os hormônios, evitando as chances de câncer de útero ou ovário. Também ajuda a perder peso depois da gravidez. Outra “coincidencia”? Leva também 9 meses desde o florescer da árvore até um abacate virar fruto.


5. Batata-doce faz bem pro pâncreas

A batata-doce oferece benefícios ao pâncreas e equilibram o nível de açúcar no sangue.


6. Cenoura faz bem pros olhos

A cenoura aumenta o fluxo sanguíneo em direção aos olhos e melhora o funcionamento dos mesmos.


7. Laranjas fazem bem pros seios

A laranja é capaz de prevenir o câncer e ajuda o movimento da linfa na mama.


8. Gengibre faz bem pro estômago

O gengibre evita doenças no estômago e melhora a digestão graças às suas enzimas e evita câimbras fortes. Além disso, impede úlcera e mantém a mucosa em bom estado.


9. Cogumelo faz bem pros ouvidos

O consumo de cogumelos pode prevenir a perda de audição, pois eles são um dos raros alimentos que contêm vitamina D, excelente para essa prevenção.


10. Feijão faz bem pros rins

O feijão ajuda a manter as funções dos rins ativas e adequadas.

Fonte:http://yogui.co/a-aparencia-dos-alimentos-e-igual-aos-orgaos-que-eles-curam/